Élio Justiniano Alves

  • Apelido:Élio Bom Sucesso
  • Nascimento:25/11/1967
  • Profissão:
  • Partido:MDB
  • Mandatos:Terceiro Mandato
  • Telefone:(62) 3283-2525
  • Email:
  • Gabinete:AV. VERSALHES, 18/21, RES. MARIA LUIZA, Aparecida de Goiânia, Goiás, 74.968-810

Mais Informações

Elio Justiniano Alves, popularmente conhecido como ELIO BOM SUCESSO, natural da cidade de São Sebastião dos Poções, Município de Montalvânia-MG. hoje com 52 anos de idade, é morador do setor Cidade Vera Cruz 1 (Ap. de Goiânia) há mais de 27 anos.

Pai de dois filhos, formado em Gestão Pública, pela Faculdade Alfredo Nascer (UNIFAN), atua como corretor imobiliário, até o momento. Chegou na cidade de Aparecida de Goiânia, com sua família, no ano de 1994, e juntamente com seu irmão Elson Justiniano Alves, abriram no setor Cidade Vera Cruz 1, o Supermercado Bom Sucesso. Em uma região, que na época, não contava com nenhum tipo de infraestrutura.

Ingressou na política, ainda no ano de 2004, como comerciante, já era muito solicitado pela comunidade carente. Sempre empenhado em realizar trabalhos voltados à área social, viu no cargo público uma forma de ajudar de forma mais ampla. Tornou-se vereador por dois mandatos, tendo sido eleito no ano de 2008 pelo PTB com 2.651 votos e em 2012 (PTB) com 2.576. Fez jus aos seus mandatos, trabalhando sempre em prol da cidade e trazendo benefícios necessários a população.

Na sua última candidatura (2016), aceitou o convite do prefeito na época o senhor, Maguito Vilela e se lançou candidato a vereador pelo atual MDB, ficando em 13º lugar. Apesar de ter tido uma expressiva votação (2.203 votos) não se reelegeu.

No ano de 2017, foi convidado pelo atual prefeito, Gustavo Mendanha a fazer parte de sua gestão, ocupando o cargo de secretário executivo, onde continuou trabalhando de forma diferente, porém, com a mesma dedicação, para com a população Aparecidense.

Nesse período, retomou os estudos, ingressando no Curso de Ensino Superior em Gestão Pública. Exerceu o cargo de secretário até o final de março de 2020, para concorrer as eleições.