Notícias

Durante debate, vereadores questionam problemas na saúde pública

15/09/2022 10:09 240
Saúde foi pauta da sessão após reunião com Secretário Municipal

Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia, 15/09/2022. Durante a 147ª Sessão Ordinária, na manhã desta quinta-feira, 15, os vereadores de Aparecida de Goiânia debateram sobre problemas na saúde pública da cidade. O assunto foi motivado por uma reunião, que aconteceu na última terça-feira, 13, entre os parlamentares e o Secretário de Saúde, Alessandro Magalhães. Na discussão houve divergências em relação à produtividade do encontro.

Coube ao Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, vereador Marcelo da Saúde, trazer ao debate as informações obtidas na reunião.

Segundo Marcelo, o Secretário falou que o problema da falta de remédios é em nível nacional, não apenas em Aparecida e que a falta de alguns insumos torna preocupante essa questão dos medicamentos.

Sobre a falta de profissionais em algumas unidades de saúde, o vereador contou que, segundo dados da Secretaria, profissionais foram convocados, mas que ainda assim, não supriu a demanda necessária, pois muitos profissionais têm deixado a cidade para atuar na Capital.

Entretanto, o vereador Gleison Flávio contou que várias cidades do interior, menores que Aparecida, têm pagado bem mais para esses profissionais.

Outro participante da reunião, o vereador Ataídes Neguinho, a classificou como de grande importância. Ele também relatou que, segundo o Secretário, a questão das cirurgias eletivas está sendo resolvida gradativamente.

"Vejo que a reunião foi válida e importante", afirmou Neguinho.

Sobre essas cirurgias, Marcelo da Saúde relatou que o Secretário disse que fará um mutirão para avançar nas cirurgias.

"Finalizando, quero dizer que nós estamos atentos e as cobranças serão feitas", concluiu Marcelo.

No mesmo sentido, o vereador Lelis Pereira questionou o que está acontecendo com a saúde pública do município, que tem sido motivo de reclamações diariamente.

Contrário ao vereador Ataídes, o Presidente André Fortaleza não classificou a reunião como produtiva, pois não foram apresentadas soluções concretas.

"É muito vago. Para mim, a reunião não resultou em nada", afirmou André, que ainda propôs que um caminho para resolver esses problemas seria a criação de CEI’s (Comissão Especial de Inquérito) para tratar de problemas em secretarias.

Ataídes reafirmou que "a reunião foi produtiva porque é fruto de um acompanhamento contínuo do trabalho do Secretário, mas que as cirurgias eletivas é um gargalo da saúde, mas que de fato é um problema urgente".

André Fortaleza pontuou que não questiona a competência do Secretário, mas que as respostas são as mesmas que já escutou há seis anos.

Ainda sobre a reunião, o vereador Marcos Miranda lembrou que o Secretário foi solícito e respondeu a todos os questionamentos.

Departamento de Comunicação (3283-2525)

Diretora de Comunicação – Thaís Vaz

Assessor de Comunicação - Paulo Cavalcanti

Operador de vídeo - Luciano Oliveira Lima

Estagiária – Sara Maria Tavares

Fotógrafo – Marcelo Silva