Notícias

Acordo mantém Vereadores em seus gabinetes

06/08/2007 00:00 192
Os vereadores de Aparecida de Goiânia permanecerão por mais um ano ocupando o prédio onde funciona seus gabinetes.
Os vereadores de Aparecida de Goiânia permanecerão por mais um ano ocupando o prédio onde funciona seus gabinetes. Pelo menos este foi acordo selado com a Centrais Elétricas de Goiás (Celg), Câmara Municipal e Prefeitura, homologado na tarde desta terça,6, pelo juiz da 1ª Vara de Fazenda Pública, Descleux Ferreira Júnior. No mês passado os vereadores foram informados que poderiam perder o prédio e consequentemente ficariam sem um local para despachar. Tudo isso porque a Celg havia impetrado uma ação de reintegração de posse do imóvel que era de um alvo de contrato de comodato (permuta) com a Prefeitura. Em troca do prédio onde funcionam os gabinetes a empresa recebeu um outro, também no Centro da Cidade, alugado pela Prefeitura. A Celg alegou que o local cedido não comportava mais sua estrutura e desde 2006 foram feitas algumas tentavas para reaver o prédio. Na busca de uma solução, o presidente da Câmara, João Antônio Borges (PSB) e o ex-deputado federal, Chico Abreu (PR) reuniram-se com o presidente da Celg, Enio Branco que demonstrou interesse em firmar um acordo. Nós acreditávamos numa saída, sobre tudo porque envolve pessoas e poderes que buscam o melhor para nossa cidade, comemorou João Antônio. O clima na Câmara é de satisfação com o resultado do acordo. O vereador Tatá Teixeira (PSDB) destacou o empenho das partes envolvidas. Todos entenderam que nós não poderíamos ficar sem um local para receber o povo, defendeu. Josiel Meneses (PAN), destacou o desfecho com um forma de mostras a harmonia entre os poderes. Vimos que Executivo, Judiciário e Legislativo podem trabalhar juntos respeitando as nuanças de cada um, enfatizou. Nova sede João Antônio adiantou que o próximo passo é acelerar a construção de um novo prédio da Câmara onde também funcionará os gabinetes do vereadores. A Prefeitura já acenou para a liberação dos recursos e o projeto está em faze final. A cidade merece um local com condições adequadas onde possamos receber a população. O que não podemos é atender as pessoas no meio da rua, defende. A Câmara já possui uma área de 10 mil m² para a construção de sua nova sede, no Bairro Vera Cruz, região central de Aparecida e o projeto será apresentado nas próximas semanas.